Agronomia

OBJETIVOS

O Curso de Agronomia da FARES tem como objetivo geral formar profissionais críticos, atentos na orientação e na resolução de problemas ligados ao desenvolvimento das atividades agropecuárias regionais, buscando o aumento da produtividade e qualidade de sistemas e processos produtivos, com a constante preocupação da preservação do ambiente e sua sustentabilidade, além da iniciação à pesquisa de atividades relacionadas às Ciências Agrárias, voltadas prioritariamente as demandas da região.

Objetivos Específicos

             O curso de Agronomia visa alcançar o seu objetivo principal - o profissional de agronomia qualificado - para as exigências de mercado através dos meios propostos neste projeto, para que o formando seja capaz de:

a.         Analisar, avaliar e fiscalizar o processo de produção, beneficiamento e conservação de produtos de origem animal e vegetal;

b.         Desenvolver uma visão humanística, utilizando os conhecimentos das ciências sociais aplicadas à Agronomia, abrangendo a sociologia, a economia e administração e a legislação a fim de promover a organização e o bem-estar das populações urbano-rurais;

c.         Elaborar, assessorar e executar projetos que visem à implantação de novos métodos e práticas agrícolas com a finalidade de explorar racional e economicamente as plantas produtoras de alimentos, fibras, óleos e plantas ornamentais, abordando aspectos relativos ao melhoramento vegetal, práticas culturais, produção de sementes, manejo de solo, manejo de pragas e controle de doenças;

d.         Explorar racionalmente a produção animal, assessorando no melhoramento, manejo e nutrição de animais domésticos;

e.         Orientar e supervisionar o manejo e a produção de essências florestais, nativas e exóticas, e o estabelecimento de viveiros florestais;

f.          Planejar, coordenar e executar trabalhos relacionados com a morfologia e gênese, classificação, fertilidade, microbiologia, uso, manejo e conservação do solo;

g.         Planejar e desenvolver atividades relacionadas aos recursos naturais renováveis e à ecologia;

h.        Planejar e dirigir serviços relativos à engenharia rural, no que se refere a problemas agropecuários, abrangendo máquinas e implementos agrícolas, armazenamento de grãos, irrigação e drenagem, climatologia, construções rurais e topografia;

i.          Possibilitar o treinamento e difusão de métodos e técnicas de produção, envolvendo o ensino, a pesquisa e a extensão na área de Agronomia.

PERFIL DO EGRESSO

O perfil do profissional de agronomia, orientado por este Projeto Pedagógico fundado no Projeto Institucional, busca a formação de profissionais com uma visão crítica da realidade regional, garantindo o estímulo à pesquisa científica e tecnológica, com vistas a uma ação transformadora da realidade. Com base no PDI o ensino de graduação deve ser generalista e pluralista, admitindo, todavia, habilitações profissionais específicas, ao final dos cursos, considerando que a base da atuação profissional está assentada em sólidos conhecimentos fundamentais das diversas áreas do saber, relacionadas com cada profissão.

O Engenheiro Agrônomo formado pela FARES deve ter uma formação generalista, humanista e crítica, possibilitando o desenvolvimento profissional eficiente e eficaz, no ambiente de trabalho. Desta forma o curso de Agronomia terá direcionamento das ações para habilitar o profissional egresso, para construir atitudes de sensibilidade e compromisso social, ao mesmo tempo em que lhes provê sólida formação científica e profissional geral, capaz de absorver e desenvolver tecnologia. Proporcionar ao estudante universitário as condições para o desenvolvimento da capacidade crítica e criativa na identificação e resolução de problemas, considerando seus aspectos políticos, econômicos, sociais, ambientais e culturais, com visão ética e humanística, em atendimento às demandas da sociedade. A habilitação profissional deve assegurar a formação de profissionais aptos a compreender e traduzir as necessidades de indivíduos, grupos sociais e comunidade, com relação aos problemas tecnológicos, socioeconômicos, gerenciais e organizativos, bem como utilização racional dos recursos disponíveis, além da conservação do equilíbrio do ambiente. O profissional da Agronomia deverá estar voltado para o desenvolvimento rural, integrando tecnologia para a produção, produtividade e administração dos recursos naturais renováveis. Associado a este aspecto o elevado senso ético profissional, considerando o homem como elemento participante do processo, como direito à vida em ambiente saudável, livre de poluição que possa causar danos a sua saúde ou de seus descendentes. No término do curso e no inicio da vida profissional, o Engenheiro Agrônomo deve ter perfil eclético, seguro e ter a capacidade de adaptação, de modo flexível, crítico e criativo, às novas situações.


GRADE CURRICULAR E EMENTAS – AGRONOMIA, clique aqui para visualizar

Horários - 2015.1- AGRONOMIA, clique aqui para visualizar

Lista de PROFESSORES – AGRONOMIA, clique aqui para visualizar


INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES

Carga horária Obrigatória: 3670 horas

Carga horária Optativa: 120 horas

Estágio Supervisionado: 200 horas

Carga horária total para graduação: 3990 horas

Tempo mínimo de integralização: 9 semestres.

Total de vagas anuais: 100

Regime de matrícula: Semestral

Turno de funcionamento: Noturno (com aulas complementares aos Sábados no período matutino)

Disciplinas Totais: 65